Translate

sábado, 6 de janeiro de 2018

PAPAGAIOS NATIVOS DO ESP. SANTO

O Estado do Espirito Santo situa-se no Leste do Brasil e possui uma área de 46.095 Km2. originalmente 93% ocupada pela Mata Atlântica, hoje restrita a 15% da área do Estado. Entretanto, apesar dessa grande redução, não temos conhecimento oficialmente, da extinção de alguma das espécies de aves nativas. Pode-se dizer que seu território, apesar de pequeno, marca o encontro de dois importantes blocos de florestas da Mata atlântica: a floresta dos tabuleiros litorâneos, que se  estendem até o nordeste do país, em áreas planas e baixas, com altitudes até os 200 metros. e a Floresta das serras que no Espirito Santo situam-se nas encostas que dão continuidade à Serra do Mar e à Serra da Mantiqueira( Serra do Caparaó) mais para o interior, já na divisa com MG.

O ESPIRITO SANTO  NO  BRASIL:
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Esp%C3%ADrito_Santo_(estado)



























O Papagaio moleiro Amazona farinosa, é encontrado em florestas de tabuleiro, das planícies, e ocorre até a Amazônia.
Esse Papagaio  é o maior papagaio brasileiro, alcançando 40 cm de comprimento. Possui uma voz potente, que é ouvida a longas distâncias dentro da mata. Mas reservas do norte do Esp.Santo, como  Vale e Sooretama, ainda não é raro. Mas em termos gerais, está classificado pela IUCN na categoria NT, ou seja, como "quase ameaçado". Não é visto em cativeiro. Talvez sua ameaça seja devido à redução das matas.


O Papagaio Chauá, Amazona rodocorytha, é listado pela IUCN  como EN, ou seja, EM PERIGO!
Porém, testemunhamos que esse é o papagaio MAIS COMUM no oeste do Espirito Santo, nos municípios de Itarana, Itaguaçu, Afonso Cláudio e laranja da Terra.

Todos os dias deparamos com esse papagaio, voando ora aos casais ou mesmo em bandos maiores. Já houve colegas que visualizaram bando de 60 indivíduos!


Esse aí, à esquerda, é o Papagaio de peito roxo, Amazona vinacea. Assim chamado por causa do vistoso colar peitoral de cor vinho.

Em nossas andanças pelo ES, podemos confirmar: é o mais difícil de ser visto! Tanto que está listado como EN pela IUCN e é considerado como ameaçado de extinção.

Mas, a boa noticia, é que temos notado um aumento de suas populações aqui no ES! Inclusive, nidificando próximo a uma habitação em Sobreiro. Acredito que habita na mesma área do Papagaio Chauá.


Esse é o papagaio mais comum no ES. É o Curica, Amazona amazonica, também chamado de  "Papagaio do mangue", devido a seu hábito de habitar também  os manguezais, onde chega mesmo a nidificar nas árvores maiores das Ryzophora!

É muito loquaz e abundante nas reservas da baixada litorânea dos tabuleiros, como na Vale e Sooretama. Curiosamente, não é muito observado nas matas serranas!

É COM MUITA ALEGRIA QUE OBSERVAMOS QUE ESSES QUATRO PAPAGAIOS NATIVOS CONTINUAM ENCONTRADIÇOS EM NOSSAS  MATAS!
Isso, lembrando, em um estado cuja área geográfica é um dos menores do Brasil.

Muito obrigado aos visitantes!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela visita e comentário!