Translate

terça-feira, 15 de março de 2022

Sardinella brasiliensis em Vitória!

 Um peixe de grande importância econômica, abundante e que forma grandes cardumes no mar aqui próximo a Vitória. Trata-se da Sardinha Sardinella brasiliensis, que nas marés vazantes aqui próximo de casa, mais precisamente no píer da estatua de Iemanjá, desce a correnteza vinda do mangue em direção ao mar. Aparentemente essa espécie não corre risco de extinção, pelo menos aqui na capital do Espirito Santo. São muito capturadas por pescadores amadores, principalmente os tarrafeiros.














O local da pescaria das Sardinellas, no estuário do Rio da passagem em Vitória ES às 5,30 hs de hoje dia 15.3.2022.














Este exemplar foi capturado na pesca com isca artificial, com uso de sabiki, mediu cerca de 22 cm, ( a espécie pode crescer até 25 cm. segundo Alfredo Carvalho Filho, Peixes da costa brasileira ). É um peixe muito  interessante de se pescar, com material de pesca ultra leve, apesar de seus hábitos restringirem um pouco as oportunidades de captura.
Em alguns lugares ficou ameaçado de extinção devido à sobre pesca porquê é um peixe que sustenta uma indústria de pesca de grande porte ( enlatados de sardinha). Porém, graças à grande capacidade de reprodução e fertilidade das fêmeas, tem se recuperado vagarosamente.

Aqui em nossa cidade, somente o  observamos nas horas da maré vazante quando  os cardumes são levados pela correnteza, saindo da baia de Vitória em direção ao mar. Infelizmente é mais uma espécie que sabemos pouco, por exemplo, sua reprodução, os locais onde passa a maior parte do tempo, etc.

A sardinha verdadeira, na baia de Vitória, vive ao lado de outra sardinha, também muito capturada pelos tarrafeiros, a sardinha cascuda, Harengula clupeola, fácil de distinguir, pois essa possui olhos maiores e de tamanho um pouco menor.

Todos os peixes que capturamos em nossas pescarias amadorísticas são soltos novamente nas águas!!

Muito obrigado às pessoas que nos visitam!




sexta-feira, 4 de março de 2022

Bonefisch em Vitória!

 Recentemente em pescaria na praia, aqui em Vitória, capturamos outro exemplar de Albula vulpes, peixe esportivo muito cobiçado na pesca esportiva, principalmente para os praticantes de fly-fishing!


Esse peixe não é comum aqui em Vitória, mas esporadicamente tem aparecido. Só vi até agora exemplares pequenos e esse capturado agora em Março de 2022, foi, naturalmente devolvido à agua!














Alfredo Carvalho Filho, em sua obra magistral sobre os Peixes da costa Brasileira, cita que a Ubarana -rato ou Bonefisch, gosta de fuçar a areia com o focinho procurando alimento em águas rasas. Creio que foi isso que aconteceu pois o peixe bateu no raso com a isca de camarão natural na areia. Brigador e muito agitado, esse exemplar de apenas 30 centímetros de comprimento mostrou porque é um peixe tão procurado na pesca esportiva. Brigou muito, dificultando muito "por a mão no peixe", mas logo depois de retirada a isca rapidamente voltei-o para a água pois  notei, também, que é peixe sensível não suportando ficar muito tempo fora da água.

Ainda não vi ser capturado com iscas artificiais.

Minha matéria sobre outros pequenos Bonefisch ou Ubarana-rato já pescados aqui em Vitória:

http://www.jornaldasavesepeixes.net/2019/03/o-bonefish-em-vitoria-es-brasil.html

Obrigado às pessoas que nos visitam!